Distrito Federal: Homem é preso suspeito de esquartejar, queimar e jogar corpo de amigo em bueiro no DF

Vítima foi identificada como Kinssiger Lopes Cabral; cadáver foi encontrado no Parque Gatumé, em Samambaia. Segundo Polícia Civil, crime foi motivado por desentendimento doméstico.

A Polícia Civil do Distrito Federal prendeu o homem suspeito de matar Kinssiger Lopes Cabral, de 44 anos. O corpo da vítima foi encontrado na quarta-feira (19), dentro de um bueiro no Parque Gatumé, em Samambaia.

De acordo com as investigações, o criminoso era amigo de Kinssiger e os dois moravam na mesma casa, junto da esposa do suspeito. A polícia afirma que os dois tiveram um desentendimento doméstico, que não foi especificado, e que a vítima foi esquartejada pelo assassino.

Depois disso, o homem teria queimado parte do corpo e, em seguida, jogado no bueiro onde Kinssiger foi encontrado. O assassinato ocorreu na casa onde os envolvidos moravam. Segundo os investigadores, após o crime, o suspeito e a esposa foram comemorar em um hotel.

De acordo com o delegado Rodrigo Carbone, da 26ª Delegacia de Polícia, na casa foram encontradas diversas manchas de sangue. “O autor narra a execução com frieza assustadora e diz que utilizou um facão para esquartejar a vítima”, afirma.

Durante a operação, nomeada “Nefasto”, Os policiais apreenderam a faca usada no crime e um carrinho de mão que serviu para levar o corpo até o bueiro. O suspeito foi autuado por homicídio qualificado, ocultação de cadáver e fraude processual. Já a mulher dele deve responder por ocultação de cadáver e fraude processual.

Corpo de bombeiros retira cadáver de dentro de um bueiro do Parque Gatumé, na QR 427 de Samambaia. — Foto: Corpo de Bombeiros

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PREVISÃO DO TEMPO
Publicidade

Arquivos do Blog