Polícia prende mulher acusada de matar três pessoas em acidente no interior do Maranhão

A Polícia Civil do Estado do Maranhão, por meio da Delegacia de Polícia de Grajaú, pertencente a 15ª Delegacia Regional de Barra do Corda, cumpriu, nessa quinta-feira (27), na cidade de Imperatriz, mandado de prisão preventiva contra Ana Júlia Ferreira Pinto por supostamente, sob efeito de bebida alcoólica, ter praticado triplo homicídio no trânsito, na cidade de Grajaú.

O acidente, ocorrido no dia 24 de abril deste ano, teve como como vítimas fatais Roberto Rocha de Sousa, de 28 anos, Joselilda Sousa Viana, de 31 anos, e Alice Fernanda Sousa Pardim, de apenas 2 anos (sendo as últimas mãe e filha).

Segundo consta dos depoimentos, até então colhidos, no dia do acidente, por volta das 20hh30, Ana Júlia dirigia um veículo Fiat Mob, na MA-006, próximo a um motel, nas imediações do Conjunto Mirante do Falcão, aparentemente sob efeito de álcool e em alta velocidade, oportunidade que colidiu com duas motocicletas.

Um das motos era pilotada por Roberto Sousa, que na ocasião estava trabalhando fazendo entrega de alimentos. A outra moto era pilotada por Joselilda, que levava na garupa sua filha Alice, de 2 anos. O impacto foi tão forte que arrancou a mão de uma das vítimas.

No decorrer das investigações, foi representada pela prisão preventiva e, após manifestação favorável do Ministério Público, foi decretada a prisão cautelar pelo juízo da 1ª Vara Criminal de Grajaú.

A presa, após o interrogatório policial, foi encaminhada para a Unidade Prisional de Grajaú onde ficará a disposição da Justiça. As investigações continuam para apuração do fato em toda sua extensão.

13 dias após o acidente, a família da motorista divulgou nota rebatendo as informações de que ela estaria sob efeito de bebida alcoólica e de que teria fugido do local do acidente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PREVISÃO DO TEMPO
Publicidades

Publicidade

Arquivos do Blog