Pastor é preso suspeito de estuprar menino de 11 anos que frequentava igreja com a família

Crime aconteceu em Alto Parnaíba, no Maranhão, mas homem também é suspeito de abusar de crianças em Araguaína, onde foi preso nesta quinta-feira (7).
Por Patricia Lauris, g1 Tocantins
Foto: Divulgação/Polícia Civil

Um homem de 58 anos que atuava como pastor evangélico foi preso nesta quinta-feira (7) em Araguaína, norte do estado, suspeito de estuprar um menino de 11 anos. A família da criança frequentava a mesma igreja em que o suspeito atuava, na cidade de Alto Parnaíba, no Maranhão.

De acordo com a Polícia Civil o pastor é de Araguaína, mas estava morando na cidade maranhense e usava a autoridade que tinha como pastor para cometer o crime. Diversos abusos aconteceram em novembro de 2023, contra a criança, apurou a polícia.

Quando os estupros foram descobertos na cidade, o homem teria voltado para o Tocantins, para se esconder. Após ação conjunta com a polícia do Maranhão, que incluiu troca de informações, as autoridades descobriram que ele estava em uma casa do setor Entroncamento. Neste local foi cumprido um mandado de prisão temporária durante a tarde.

LEIA TAMBÉM:

Segundo suspeito de matar engenheiro estrangulado é preso e confessa crime, diz polícia
Médico é condenado a 28 anos de prisão por abusar de pacientes durante exames ginecológicos
Para o delegado Charles Arruda, responsável pela prisão, o pastor também é suspeito de abusar sexualmente de crianças em Araguaína, situação que está sendo investigada.

Se os estupros forem comprovados, ele poderá ser condenado a uma pena que vai variar de oito a 15 anos de prisão, destacou o delegado.

Depois dos procedimentos na 5ª Central de Atendimento da Polícia Civil, o pastor foi levado para a Unidade Penal Regional. Ele está à disposição do Poder Judiciário da Comarca de Balsas (MA)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PREVISÃO DO TEMPO
Publicidade

Arquivos do Blog