Matões-MA: Afinal, quem financia os ataques do Chumbo Grosso que extrapolam o lado político e ferem a vida pessoal?

Nesta semana a cidade de Matões foi palco, mais uma vez, de uma séria discussão sobre os limites da moralidade no campo político. É que uma mulher, pré-candidata, casada e mãe emitiu uma nota após ter se sentido ferida com um ataque violento do repórter popularmente conhecido como Chumbo Grosso, de Timon.

A pré-candidata pelo PT em Matões, Nathana Bezerra, não se intimidou e respondeu o áudio violento com uma nota que faz questão de citar nomes, de forma clara e objetiva deu nome aos bois – de quem financia o trabalho baixo do repórter.

A nota divulgada por Nathana Bezerra circulou o Maranhão, em Matões pegou super mal para o prefeito Ferdinando e o capacho Nonato. A deputada Cláudia Coutinho – também primeira-dama de Matões, respondeu a nota de Nathana e, ao contrário do esperado; que seria no mínimo anunciar o corte de financiamento ao repórter, defendeu o seu grupo político como se tivesse sofrido ataque.

O imbróglio vai para a justiça e isso é o esperado, dificilmente qualquer uma das partes terá justiça com reparações condizentes. A pergunta que não quer calar é: À quem financia; vale a pena extrapolar os limites políticos e difamar caluniosamente a vida pessoal e conjugal de qualquer pessoa a troco de nada?… Vale repensar. Se foi estratégia vale a observação, se foi um erro vale o corte no agressor.

Com informações do blog do Rogerinho

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PREVISÃO DO TEMPO
Publicidades

Publicidade

Arquivos do Blog