Luciano despacha ex-mulher e deve lançar ex-cunhado na sua própria sucessão em Pinheiro/MA

O prefeito Luciano Genésio, de Pinheiro, maior município da Baixada Maranhense, jogou a toalha e admitiu, durante entrevista a uma rádio local, que não mais lançará sua ex-esposa, Thaiza Hortegal, médica e candidata derrotada para Assembleia Legislativa em 2022, na sua própria sucessão em outubro.

O ainda gestor, que possui uma desaprovação de quase 80%, de acordo com levantamentos divulgados recentemente, disse que reuniu seu grupo político, na última sexta-feira, e deliberou pela mudança de plano, tendo, inclusive, já comunicado a sua ex-mulher.

Afirmou que, hoje, se colocam como pré-candidatos os vereadores Elizeu do Tantan e Lucas do Beiradão – este último presidente da Câmara Municipal – além do seu ex-cunhado Kaio Aguiar Hortegal, também médico e irmão de Thaiza.

Genésio deixou clara sua preferência por Kaio ao afirmar que, de dez vereadores que o apoiam, oito aprovaram o nome do seu ex-cunhado, que terá deixar, caso tenha a pré-candidatura confirmada, o comando da Secretaria Municipal de Saúde de Pinheiro nos próximos dias.

O martelo, de acordo com ele, será oficialmente batido amanhã.

Em fevereiro, pesquisa de intenção de voto divulgada pelo Instituto Exata, registrada na Justiça Eleitoral com o número MA-07651/2024, atestou que o empresário André da Ralpnet lidera a disputa com vantagem considerável.

Thaiza, além de figurar em terceiro lugar, carrega nos ombros uma rejeição de 40%, percentual, este, oriundo da alta desaprovação da administração do seu ex-marido.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PREVISÃO DO TEMPO
Publicidades

Publicidade

Arquivos do Blog