Arquivos do Blog

Goiás: Idoso dado como morto acorda cinco horas depois na funerária; Veja o vídeo 

José Ribeiro, 62, estava internado em um hospital de Uruaçu (GO) sob tratamento contra o câncer quando foi dado como morto. O que aconteceu, porém, foi um grave erro médico que foi corrigido cinco horas depois, quando a funerária informou que, ao abrir o saco onde José estava, ele estava respirando e de olhos abertos.

O idoso José Ribeiro da Silva, de 62 anos, morador de Rialma, foi internado no Hospital Estadual do Centro-Norte Goiano (HCN), em Uruaçu, para tratar um câncer na língua. Por volta das 20h desta terça-feira, 29, foi dado como morto e um atestado de óbito foi emitido.

O corpo foi ensacado e levado pela funerária para Rialma, onde mora a família. Ao abrir o saco, cerca de cinco horas depois, o técnico percebeu que o “defunto” estava de olhos abertos e respirando com dificuldade e chamou a família.

O HCN emitiu Nota na manhã de hoje, 30, informando que o médico foi afastado, que uma sindicância será aberta, que o diretor técnico do hospital seguiu para Rialma para prestar assistência e dar apoio à família e que lamenta profundamente o ocorrido. Íntegra da Nota no link abaixo.

Em entrevista ao site G1, a irmã da vítima, Aparecida Ribeiro da Silva desabafou: “É inacreditável o que aconteceu. Meu irmão passou cinco horas em um saco plástico, gelado. Foi horrível, é inadmissível uma situação dessas”.

José Ribeiro foi removido e está internado em um hospital de Rialma. Não obtivemos informações sobre o atual estado de saúde dele.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidades

PREVISÃO DO TEMPO
Publicidade