Giro de Notícias: Polícial Militar imprede mulher de cometer suicídio no Hospital de Sobradinho-DF

Em carta feita pela mulher, ela também tinha a intenção de matar um médico da unidade.

O sargento Neves do 13º Batalhão impediu que uma mulher de 35 anos cometesse um suicídio no banheiro do Hospital Regional de Sobradinho, na tarde desta segunda-feira (05).

O policial que estava na escolta das vacinas avistou a vítima se lesionando no braço. Além da autolesão, ela ameaçava furar os vigilantes com uma lapiseira caso eles tentassem detê-la.

O sargento iniciou a negociação e foi necessário o uso do espargidor (gás) para cessar a ação. Ela foi encaminhada para o Pronto Socorro onde foram feitos curativos.

A mulher tinha consulta marcada para quarta-feira (07) e trazia consigo uma carta consigo junto com o comprovante de marcação da consulta. Nesta carta ela questionava a competência do médico e sua vontade de atentar contra a vida do profissional.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Arquivos do Blog