Giro de Notícias: Após longa batalha contra o câncer, morre Bruno Covas, Prefeito de São Paulo.

 

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, morreu às 8h20 deste Domingo (16/5) depois de uma longa batalha contra o câncer no sistema digestivo. O prefeito tinha 41 anos e havia descoberto a doença em 2019. Ele deixa o filho Tomás, de 15 anos.

Sua morte se deu após várias complicações no longo tratamento de um câncer da transição esôfago gástrica, com metástase no diagnóstico, um processo de disseminação da doença para outros órgãos do corpo, que vai acumulando mutações que as células não conseguem controlar, remover ou matar, no caso de Covas, a metástase atingiu os ossos e fígado.

Ele estava internado no Hospital Sírio-Libanês desde o dia 2 de maio, sob os cuidados das equipes médicas coordenadas pelo Prof. Dr. David Uip, Dr. Artur Katz, Dr. Tulio Eduardo Flesch Pfiffer, Prof. Dr. Raul Cutait e Prof. Dr. Roberto Kalil”, de acordo com a nota divulgada pela Prefeitura de São Paulo.

Familiares e amigos de Covas permaneceram no hospital desde que os médicos informaram através de boletim publicado às 19:30 do dia 14/05, que o quadro de saúde de Bruno era irreversível. Um padre esteve presente e fez a unção dos enfermos, um sacramento católico.

Durante a noite de Sábado (15), representantes de diversas religiões participaram do ato ecumênico na porta do hospital, que durou 30 minutos e terminou com a oração Pai Nosso.

Nas últimas horas de vida, o prefeito recebeu sedativos e analgésicos para não sentir dores.

Devido ao tratamento, Covas fez um pedido de licença da prefeitura que duraria 30 dias.
O advogado e economista assumiu a prefeitura de São Paulo em 2018, após a renúncia do então prefeito João Doria, de quem era vice, e foi reeleito em 2020. Com sua morte, o vice-prefeito Ricardo Nunes assume a prefeitura da cidade.
Neto do ex-governador de São Paulo Mário Covas (1930-2001), Bruno Covas era envolvido na política desde criança.

Nascido em Santos, no litoral paulista, foi morar com o avô na capital durante o ensino médio e aos 18 anos se filiou ao PSDB, partido do qual Mário Covas foi um dos fundadores. Depois se tornou um dos principais líderes da juventude do partido.

Antes de ser prefeito, Bruno Covas foi deputado estadual, deputado federal e secretário estadual do Meio Ambiente. Era considerado um político moderado de centro-direita.

Que Deus em sua infinita misericórdia, possa confortar o coração dos familiares e amigos neste momento tão doloroso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PREVISÃO DO TEMPO
Publicidades

Publicidade

Arquivos do Blog