Giro de Notícias: Adolescente de 16 anos é suspeito de estuprar cunhada e agredir namorada, em Corumbá de Goiás

Segundo os pais das vítimas, garoto esperava os dois saírem de casa para pular o muro e assediar a filha mais nova, que tem 13 anos.

Os pais de duas adolescentes, de 13 e 16 anos, denunciam um garoto de 16 anos agrediu a filha mais velha, com quem namorava, e estuprou a mais nova, em Corumbá de Goiás. Uma amiga das vítimas soube da situação e denunciou. O caso foi registrado na Polícia Civil, que está investigando.

Segundo os pais das duas meninas, toda a situação aconteceu enquanto o adolescente estava namorando a filha mais velha deles. “Ele esperava a gente sair para trabalhar para pular o muro. Ficava falando as coisas para ela [filha de 13 anos], passando a mão nela, pedindo beijo para ela, falando que não era para ela contar nada para ninguém, nem para a irmã dela. [Dizendo] Que ele terminaria o namoro”, disse a mãe das garotas.

Eles contam ainda que o garoto agredia a filha mais velha. Fotos mostram vários hematomas no corpo da menina de 16 anos.

A adolescente gravou um áudio para uma amiga no momento em que apanhava. “Por favor, não me bate. Você não vai pegar meu celular não!”, disse a vítima, chorando.

“Nossa filha estava sendo espancada e a gente não sabia”, disse a mãe.
Após serem alertados por uma amiga das filhas, os pais denunciaram o caso na Polícia Civil. “Através de colegas dele, ele fica tentando entrar em contato com as meninas, pelo celular da maior, que era namorada dele. Ele está quebrado, está lá na delegacia”, disse o pai das garotas.

Segundo a polícia, o adolescente de 16 anos e a mãe já foram intimados para prestar depoimento esta semana. O garoto por responder por ato infracional análogo a estupro de vulnerável.

Hematomas no corpo de adolescente que denuncia ter sido agredida por namorado, em Corumbá de Goiás

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Arquivos do Blog