Giro de Notícias: Acusado de matar o cunhado no DF é preso em Palmeirais-PI

A prisão foi realizada na manhã de hoje em ação conjunta das polícias civil e militar de Palmeirais.

Um homem identificado como Júlio César Pereira de Sousa, 30 anos, foi preso nessa segunda-feira (09) na cidade de Palmeirais, acusado de matar o próprio cunhado no último dia 29 de julho em Planaltina, Distrito Federal. A prisão foi realizada pela Polícia Civil do Piauí, em conjunto com a Polícia Militar do Piauí.

De acordo com o agente Peruano, que realizou a prisão, neste domingo (08) ele recebeu a informação de que um homem que tinha cometido um homicídio no Distrito Federal havia chegado na cidade de Palmeirais. O investigador foi até o endereço indicado e chegou a avistar o acusado, mas ele se evadiu, sendo preso somente na manhã de hoje.

Suspeito foi preso pelas polícias civil e militar de Palmeirais
“Recebemos informação de que tinha acabado de chegar um elemento no povoado Cafundó, que teria matado uma pessoa em Brasília. Eu fui lá com o policial militar Melo e quando chegamos, quando ele viu a gente, se evadiu, entrou em uma serra. Ele sabe correr no mato, então hoje pela manhã fomos até a casa dele e conseguimos êxito na prisão”, explicou.

Contra Júlio César já havia um mandado de prisão em aberto expedido pela Justiça do Distrito Federal. “Entrei em contato com o delegado titular do 19º Distrito Policial, ele entrou em contato com a polícia de Brasília, foi enviada a cópia do mandado de prisão dele e a gente cumpriu e o trouxe para a Central de Flagrantes”, informou.

O crime

Júlio César Pereira é acusado de matar com um golpe de faca no pescoço o cunhado, após este tentar defender a irmã das agressões do companheiro. Ainda segundo relatos, ele teria matado um cachorro com golpe de faca após assassinar o cunhado.

Investigador Peruano, da Polícia Civil
“Ele diz que foi uma briga com o cunhado, que os dois estavam bêbados, mas o que a gente sabe é que ele tinha passado o dia batendo na irmã do rapaz que morreu e a vítima foi falar e eles brigaram. Então o acusado acabou matando o cunhado”, detalhou o agente Peruano.

Ainda conforme o agente da Polícia Civil, Júlio César é natural de Palmeirais e estava residindo há seis anos no Distrito Federal. Ele já tinha passagem na polícia depois de ser enquadrado na Lei Maira da Penha (violência doméstica).

Fonte G1PI

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Arquivos do Blog