Arquivos do Blog

Feminicídio: Mulher é encontrada morta na Estrutural, no DF

Uma mulher, de 42 anos, foi encontrada morta na Estrutural, no Distrito Federal, na tarde deste sábado (15). De acordo com a Polícia Civil, Jainia Delfina de Assis foi morta a facadas dentro de casa e o principal suspeito é o companheiron dela, Uederson Aparecido, de 36 anos.

Após o crime, o homem fugiu e, até a última atualização desta reportagem, não havia sido encontrado. O g1 tenta contato com a defesa de Uederson.

O caso é investigado pela 8ª Delegacia de Polícia, na Estrutural. Segundo a delegada-chefe, Bruna Eiras, trata-se de um feminicídio.

O crime ocorreu por volta das 12h30. O corpo foi encontrado pela ex-sogra, cerca de 1 hora depois. Jainia levou duas facadas no pescoço.

A delegada informou ainda que o filho mais novo da vítima, de 4 anos, estava em casa quando ela foi encontrada sem vida. Foi a criança quem avisou os familiares que a mãe estava morta.

De acordo com as investigações, a vítima tinha uma medida protetiva contra o homem, com quem estava há menos de dois anos, e vinha sofrendo ameaças. Jainia tinha registrado uma ocorrência de Maria da Penha contra o companheiro no ano passado, pelos crimes de injúria e vias de fato, mas decidiu reatar o namoro.

A Polícia Civil informou que Uederson respondia por um homicídio e estava em prisão domiciliar desde novembro de 2022.

Jainia trabalhava como auxiliar de serviços gerais e deixa três filhos, de 19, 15 e 4 anos — nenhum deles é filho do suspeito. Esse é o oitavo feminicídio registrado este ano no Distrito Federal.

A filha de Jainia afirmou que o casal tinha um relacionamento conturbado por causa da conduta agressiva de Uederson. Ele é natural de Mato Grosso e, de acordo com a jovem, o homem cometeu um crime no estado, mas, mesmo sabendo do histórico criminal do companheiro, a mãe dela decidiu acolhê-lo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidades

PREVISÃO DO TEMPO
Publicidade