Caso Lázaro: Doador anônimo paga custos funerários de Lázaro Barbosa

O funeral do serial killer Lázaro Barbosa, morto em confronto com policiais após 20 dias de fuga, foi custeado por um terceiro cujo nome é mantido em anonimato.

O sepultamento marcado para esta quinta-feira será restrito a familiares.

O corpo de Lázaro foi encaminhado a uma clínica de Brasília, onde é preparado antes de ser transferido.

A contratação dos serviços da funerária Bom Samaritano, do Distrito Federal, ocorreu de forma anônima por um terceiro, a pedido de um advogado. A funerária afirmou ao GLOBO que não houve nenhum tipo de doação e que a empresa não presta serviços gratuitos.

— Não existe gratuidade nesse serviço. Te garanto que não houve nenhum tipo de doação, ainda mais nesse caso. Não é o que a nossa empresa preza — disse um representante que pediu para não ser identificado. — Foi um terceiro que nos contratou, a pedido de um advogado. Essa é a informação que eu tenho.

O cadáver do criminoso foi removido do Instituto Médico Legal (IML) de Goiânia nesta quarta-feira por intermediários da família acompanhados de um representante da funerária.

O advogado Wesley Fernandes auxiliou os familiares de Lázaro na busca por informações dos trâmites legais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PREVISÃO DO TEMPO
Publicidades

Publicidade

Arquivos do Blog