Carro-Chefe: alvos da PF venderam veículos a 163 prefeituras do MA

Deflagrada na quinta-feira, 11, pela Polícia Federal, juntamente com a Controladoria Geral da União (CGU), a Operação Carro-Chefe cumpriu mandados nas cidades de Santa Inês, Santa Luzia e Pindaré-Mirim.

Mas não são apenas estes três municípios os alvos das investigações dos federais, que apuram fraudes licitatórias, superfaturamentos contratuais e lavagem de dinheiro.

No total, as quatro empresas que atuaram juntas fraudar contratos de fornecimento de veículos emitiram, entre 2016 e parte de 2019, 623 notas fiscais, totalizando R$ 65.907.404,79.

Foram 209 municípios “atendidos” pelo grupo, sendo 23 do Pará, 21 de Tocantins, dois do Piauí e nada menos que 163 do Maranhão.

E a PF investiga um por um…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Arquivos do Blog