BRASIL: Homem é preso suspeito de jogar na mulher água quente que ele usaria em ritual religioso após vítima falar que queria o divórcio

Um homem, de 40 anos, foi preso suspeito de jogar água quente no rosto da esposa, de 42, em Goiandira, no sudeste goiano. De acordo com a Polícia Civil, o crime aconteceu no momento em que o casal discutia sobre a possibilidade de um divórcio.

O caso aconteceu na madrugada de quarta-feira (3). Segundo o delegado Fernando Maciel, a mulher conversa com o sogro sobre querer se divorciar do filho dele. Ao ouvir isso, o marido se aproximou e o casal começou a discutir.

Aos policiais, a vítima contou que o marido segurava um recipiente com água quente e, durante a discussão, jogou no rosto dela. A mulher procurou o Hospital de Goiandira, por conta da vermelhidão no rosto. Lá, os médicos acionaram a Polícia Militar.

Os policiais militares foram até a casa e encontraram o suspeito. Ele teria justificado que segurava o recipiente com a água quente pois faria um banho espiritual, da religião que segue. Mas que, sem querer, a vítima esbarrou durante a discussão e a água atingiu o rosto dela.

Apesar das justificativas, o homem acabou autuado em flagrante pelo crime de lesão corporal. Segundo o delegado, o pai do suspeito, que teria presenciado o momento do crime, será ouvido para que o caso seja esclarecido.

G1 Goiás

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Arquivos do Blog