BRASIL: Alexandre de Moraes diz que manifestantes do 08/01 queriam lhe prender e enforcá-lo

O ministro Alexandre de Moraes afirmou que os golpistas que participaram dos ataques de 8 de Janeiro à sede dos Três Poderes, em Brasília, no ano passado, tinham o plano de prendê-lo e enforcá-lo. O magistrado é relator das investigações sobre o caso no Supremo Tribunal Federal (STF), e detalhou algumas ideias do grupo.

Em entrevista especial ao jornal O Globo, Moraes afirma que havia pelo menos três planos em relação a ele. “O primeiro previa que as Forças Especiais (do Exército) me prenderiam em um domingo e me levariam para Goiânia. No segundo, se livrariam do corpo no meio do caminho para Goiânia. Aí, não seria propriamente uma prisão, mas um homicídio”, esclarece.

O último, segundo o magistrado, envolvia o enforcamento dele em praça pública. “E o terceiro, de uns mais exaltados, defendia que, após o golpe, eu deveria ser preso e enforcado na Praça dos Três Poderes. Para sentir o nível de agressividade e ódio dessas pessoas, que não sabem diferenciar a pessoa física da instituição”, reforça.

Conforme o magistrado, houve uma tentativa de planejamento de como essas ações ocorreriam, e há um inquérito com participação da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), que monitorava os passos desses suspeitos, em caso de necessidade de realizar uma prisão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Arquivos do Blog