Agora vai ser pego: Bope e PF reforçam a caça ao suspeito de chacina no Distrito Federal

Na manhã deste domingo (13/6), os policiais das duas forças se uniram para ajudar nas buscas que ocorrem no estado de Goiás.

Lázaro, suspeito de triplo homicídioReprodução/PCDF
O Batalhão de Operações Especiais (Bope) da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) e a Polícia Federal (PF) reforçam, na manhã deste domingo (13/6), as buscas pelo suspeito de matar quatro pessoas em chacina ocorrida em Ceilândia, no Incra 9.De acordo com informações da PMDF, duas equipes do Bope apoiam as buscas a Lázaro Barbosa de Sousa, 32 anos, no estado de Goiás, próximo ao município de Cocalzinho, no Entorno. Equipes da PF também estão no local desde a noite desse sábado (12/6).

Veja a saída de helicóptero da Divisão de Operações Aéreas (DOA) para ajudar nas buscas a Lázaro.

No sábado, o suspeito pela chacina no DF foi encontrado e trocou tiros com a polícia. Informações preliminares apontam que o acusado roubou armas em uma fazenda à tarde. Ele fugiu com uma Beretta 22, uma pistola calibre 380 e 50 projéteis.

O homem foi localizado em Cocalzinho (GO) e, durante a perseguição, trocou tiros com a polícia. Informações preliminares apontam que três pessoas ficaram feridas e um refém estaria sob poder do criminoso.

Lázaro é suspeito de matar, na última quarta-feira (9/6), Cláudio Vidal de Oliveira, 48 anos, Gustavo Marques Vidal, 21, e Carlos Eduardo Marques Vidal, 15. Ele ainda sequestrou Cleonice Marques de Andrade, 43 anos. O corpo dela foi encontrado nesse sábado, em um matagal. O cadáver estava sem roupa e com diversos cortes nas nádegas, em uma zona de mata próxima à BR-070.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Arquivos do Blog